Como o cheiro e a memória estão relacionados?

Quantas vezes já entrou numa loja, restaurante, hotel ou outro edifício e cheirou algo que lhe faz recordar de algo bom na sua vida? Talvez seja o cheiro de pão acabado de cozer, uma certa flor, o perfume de alguém que amou, ou qualquer outra coisa.

Um dos principais fatores que nos ativa a memória é o cheiro, e ter os corretos cheiros e aromas no seu local de trabalho pode ativar sensações e memórias agradáveis nos seus clientes e funcionários. Isto pode afetar o seu estado de espírito, as suas emoções e criar uma melhor experiência.

Conseguir estas boas memórias e sensações é uma ciência. Na Mestria Apurada, desenvolvemos projetos de higienização que têm em conta diversos fatores, onde incluímos a utilização de aromas que vão tornar o seu local de trabalho mais agradável, despertar emoções positivas e assim melhorar o ambiente de todos os que utilizam o espaço da sua empresa.

A ciência explica o cheiro e a memória

A conexão entre os cheiros e a memória não é arbitrária e não é apenas uma teoria. É uma ciência.

Em 2004 a cientista Dr.ª Linda Buck ganhou o Prémio Nobel em psicologia após estudar como o ser humano pode diferenciar milhares de cheiros. Algumas estimativas apontam para que uma pessoa comum possa distinguir aproximadamente 10.000 cheiros diferentes, desde o pão acabado de fazer até a uma receita específica.

O que as investigações da Dr.ª Linda Buck demonstraram é uma conexão entre o cheiro de determinados aromas e as memórias que acionam. Existem pequenos aglomerados de células nervosas dentro do nariz humano que podem diferenciar os aromas. A descoberta é que quando estas células detectam um aroma, a área sensorial no cérebro que é ativada é a mesma que usamos para armazenar memórias.

Como o cheiro e a memória afetam um negócio?

Agora que já sabe que o cheiro ativa a memória, a questão poderá ser, em como isto pode degradar ou melhorar um negócio? Existem dois fatores a considerar:

  • O tempo passado num determinado ambiente
  • A experiência geral do cliente

Quanto ao tempo passado num determinado ambiente, foi provado que as memórias experenciadas agradáveis mantêm-se por mais tempo. Em diversos setores, como o do retalho, os aromas ao ativar memórias positivas causam que os clientes passem mais tempo no estabelecimento, o que aumenta as probabilidades de efetuarem uma compra.

Para os negócios que querem criar uma impressão positiva aos seus clientes, os aromas fazem a diferença. A associação feita dos aromas ao seu espaço conduz a uma melhor experiência de quem o visita, seja no escritório, na loja, na casa de banho, ou outro qualquer local possível que o cliente possa estar.

Como o cheiro e a memória afetam os negócios no mundo real?

Em 2007 a conhecida Starbucks experienciou o impacto dos aromas. Num esforço de se manter a par da concorrência como a McDonalds e a Dunkin’ Donuts, a Starbucks introduziu no menu, sanduiches aquecidas para o pequeno almoço. Na teoria, isto foi uma alteração positiva porque deu a possibilidade dos clientes terem mais opções e da Starbucks competir na área das “refeições rápidas” matinais. Mas surgiu um grande problema, o cheiro.

Ao serem aquecidas, estas sanduiches para o pequeno almoço libertavam um cheiro que se sobrepunha à assinatura da Starbucks, o aroma do café. Com este aroma do café a desaparecer, também o lucro da Starbucks começou a cair porque as vendas começaram a diminuir. Não apenas os clientes gostavam do cheiro tradicional das lojas da Starbucks, como estudos demonstram uma positiva correlação entre o aroma do café e as funções cognitivas.

A compreensão deste problema levou a Starbucks a alterar a forma de funcionamento, para voltar a ter o aroma do café presente nos seus estabelecimentos. Os funcionários não usam perfumes ou desodorizantes com cheiros acentuados de modo a não interferir com o cheiro do café. Começaram também a preparar o café de forma mais regular para manter a circulação do cheiro do café mais ativa e até na confecção de outros produtos começaram a ter em conta o modo de preparação dos mesmos.

No caso das sanduiches foram relançadas de outras formas. Passaram a utilizar bacon e queijo com outra qualidade assim como o seu posicionamento na sanduiche, e até a temperatura de aquecimento foi diminuída de forma a evitar que nenhum dos ingredientes queimasse.

Como o podemos ajudar na higienização?

Consoante o ambiente em que implementamos os nossos projetos de higienização, fazemos uma escolha seletiva dos produtos a serem aplicados e a forma de o serem. Além da correta higienização e desinfeção dos espaços, temos em conta nos projetos que desenvolvemos um conjunto de parâmetros para baixar os custos da higienização dos seus espaços, incluindo fatores como o cheiro, a escolha criteriosa dos produtos, entre muitos outros.

O nosso serviço valoriza o seu tempo, o tempo dos seus funcionários, e o impacto final que tem nos seus clientes. Contacte a Mestria Apurada e melhore a higienização da sua empresa.

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado.

Scroll to Top